Retornei… ou: A Volta do Filho Pródigo

4 anos se passaram desde minha última publicação. Passei por uma fase muito turbulenta em termos pessoais, familiares e profissionais. Muita coisa rolou, mas a poeira agora abaixou, se Deus quiser.

Época maravilhosa aquelas das postagens antigas. Havia pouco que eu havia descoberto a pedra de grande valor. Um grande fogo pelo conhecimento cristão me consumia. Nas horas vagas eu estudava filosofia, apologética e história com grande entusiasmo. E debatia muito na internet.

De lá pra cá me transformei, de um protestante “desigrejado” e  “não-denominacional”, em Católico Romano. É, eu sei, ao ler isto alguns dos seguidores do blog já balançaram a cabeça em reprovação.  Mas ok, pretendo com o tempo publicar mais detalhes da minha jornada de conversão bem como os argumentos que me levaram a tal.

Meus planos daqui para frente, para este blog, é continuar publicando refutações a ateus e assemelhados. Para isto continuarei postando materiais no estilo “cristianismo puro e simples”, de C.S. Lewis.

Pretendo também defender minha “nova” fé (Católica). Não quero, com isto, que meus seguidores não-católicos me abandonem, muito pelo contrário. A área de comentários estará sempre aberta ao debate amigável. Não me julgo dono da verdade e quero o feedback de todos, para que todos possamos continuar a crescer em conhecimento e no temor ao Senhor.

Algumas postagens poderão ter um tom engraçado, irônico até, levando alguns a crer que faltei com o respeito ou temperança. Estes recursos retóricos não terão nunca a intenção de ofender. Serão, quando muito, auxiliares para neutralizar afirmações ou argumentos expostos de forma agressiva e/ou ofensiva por algum detrator do cristianismo, ou do catolicismo em particular.

O que achou? Deixe seus comentários abaixo.