Amy Winehouse: A Sistemática Autodestruição do Hedonismo

Rica e famosa, o que mais uma pessoa poderia precisar para ter toda a felicidade do mundo? Bom, vão faltar as coisas que o dinheiro compra, certo? Comprar tudo aquilo que trás muito prazer. Drogas pesadas e muita bebida alcoólica. Outros escolhem muito sexo e rock n roll. Não importa, a fórmula é a mesma: dinheiro + fama + prazeres. Pronto, com este kit podemos garantir nossa paz de espírito vivendo uma vida feliz e equilibrada, não é mesmo?

Sim, claro.

Por que diabos as pessoas continuam apostando suas fichas em algo que está mais do que na cara que não dá certo? As mídias de massa, cinema e publicidade continuam vendendo esta filosofia materialista tola de que o hedonismo é tudo que precisamos para ter um boa vida.

  1. A mídia projeta pessoas à fama e fortuna ao mesmo tempo que as usa como modelo de vida para milhões de pessoas.
  2. O herói – ou heroína – decepciona a todos vivendo uma vida que o leva a completa autodestruição.

Amy já devia estar morta muito antes antes de ter morrido. Isto não é exceção, é praticamente a regra. A infelicidade de muitos famosos não chega a mídia por não ser algo dramático ao extremo mas está presente claramente para aqueles que os conhecem mais intimamente. Pessoas ricas por fora, mas com vidas vazias.

A mídia boboca ainda apresenta “outros famosos que morreram aos 27 anos” como se o curioso da coisa fosse algum tipo de a-cabala-da-tragédia-dos-famosos e não a verdade nua e crua de que estão ensinando a todos o caminho da destruição física e mental?

As pessoas não sabem mais somar 1 + 1. É tão fácil ver que as coisas não se encaixam! A aposta está errada e pronto! Vamos encarar os fatos e procurar em outro caminho.

“Felicidade”, só passou a significar a busca por sentimentos prazerosos em épocas recentes. Não tem nem 100 anos. Praticamente todos os grandes mestres do história ensinaram outra coisa completamente diferente: Viva para algo maior do que você mesmo. Esqueça de você e pense em algo melhor – cá entre nós há muita coisa no mundo mais interessante do que eu e você, não é mesmo?

Quando vamos voltar a dar ouvidos a Moisés, Platão, Aristóteles, Salomão, Davi, Paulo e…. Jesus, o Cristo?

Quando vamos aprender que “felicidade” é o resultado de uma vida virtuosa com caráter e sabedoria?

Se souber inglês segue uma excelente apresentação do filósofo J.P. Moreland.

Anúncios

2 respostas em “Amy Winehouse: A Sistemática Autodestruição do Hedonismo

  1. Felicidade definitivamente não é “compravel”. mais, uma “vida virtuosa com carater e sabedoria” tambem não é, ou ambos são…? A felicidade é um estado fisico e mental, onde a pessoa está bem com si mesma, e bem com o ambiente que a cerca. Ter dinheiro pode trazer felicidade, ter amigos pode trazer felicidade, trabalhar pode trazer felicidade… tudo depende da pessoa. Infelizmente, nossa sociedade, cada vez pior, influencia as pessoas, de tal modo que o dinheiro, fama, beleza( por eles padronizada) se tornam um fim, e não um meio. Todos estes fatores podem influenciar na felicidade. Algumas pessoas são felizes se tiverem dinheiro… para viajar, conhecer o mundo, ajudar outras pessoas, viajar com a familia…. dinheiro é um meio, para varios fins, que trazem felicidade. Voltando á midia, ela alem de colocar o dinheiro como um fim, manipula as pessoas, por meio da repetição e da humilhação, e ás faz pensar que consumir é outro fim.

    E arrisco tambem dizer que, dependendo da pessoa, a felicidade é impossivel de se alcançar… A felicidade é futilidade, na maioria dos casos. Ou é pegar algo agradavel, e esquecer do resto. não consigo fazer isto, por sso não consigo o que chamam de “felicidade”. O maximo que consigo é a “realização”, que seria o bem estar momentaneo vindo de realizar algo, ou estar com alguem…. Quando me volto para o mundo novamente, a tristeza toma conta… Não consigo ser feliz, ao ver o que o ser humano é, e oque está se tornando… e, tambem, o que sempre foi….

  2. Assista a palestra do Professor Moreland. É muito instrutiva. O termo felicidade foi totalmente redefinito na modernidade e isto está levando massas de pessoas a completa ruina existencial.

    Esqueça de “buscar a felicidade”. Esqueça de você e pense em coisas maiores e melhores. A tranquilidade e paz de espírito virão como consequência.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s