Livres para Pensar ou Livres DO Pensar?

O pessoal do ateísmo militante adora os títulos autoproclamados.

Um que está presente em 100% de suas propagandas ideológicas é o de “livre pensadores”.

Mas há uma diferença entre ser livre para pensar e estar livre DO ATO de pensar.

Eles afirmam a primeira mas frequentemente praticam a segunda, como neste caso.

Desta vez foram os grupos descritos nas logomarcas da imagem acima, o título reivindicado foi uma suposta superioridade em caridade ou no mínimo a tentativa de desvincular tais atos de bondade da religiosidade tradicional.

Bobagem, como sempre. Para isto precisaram deixar de lado os fatos e o pensamento racional.

Mais detalhes desta campanha difamatória contra religiosos você encontra neste link (em inglês) e em uma de suas versões tupiniquins aqui.

O bloqueiro Luciano Ayan de maneira rápida e perspicaz detonou mais esta safadeza elaborando a imagem abaixo. Confira o post completo aqui.

Eu gostaria de adicionar alguns comentários:

Desta vez os militantes ateus, livres-do-pensar, não só usaram a tática de confusão de misturar agnosticismo com ateísmo (Buffett e Gates NUNCA se declaram ateus e sim agnósticos) como passaram por cima de toda e qualquer pesquisa decente que demonstra claramente uma relação entre religiosidade tradicional e caridade.

Os teístas tradicionais não só doam substancialmente mais tempo e dinheiro para obras e instituições de caridade com o fazem também mesmo quando a instituição NÃO tem cunho religioso!

Para citar um exemplo estadunidense, a pesquisa realizada por Arthur C. Brooks e publicada no Instituto Hoover da Universidade de Stanford é simplesmente devastadora para o delírio do ateísmo militante atual.

http://www.hoover.org/publications/policy-review/article/6577

Em uma das várias conclusões o estudo aponta que:

“A média anual de doação de uma pessoa religiosa é de 2,210 dólares, enquanto a de um secular é de 642 dolares.”

Ou seja religiosos doam quase 4 VEZES MAIS que seculares.

Leiam o estudo que é muitissimo interessante.

De repente me lembrei de algo que foi simplesmente patético.

Reginald Finley é popularmente conhecido no meio secular como o Infidel Guy.

Ele mantem o site http://www.infidelguy.com/ com um programa de rádio regular onde promove entrevistas e debates entre teístas, ateus e agnósticos.

Em 2009 ele criou um desafio chamado de “O Desafio do 1 Milhão de Dolares”.

Nas palavras do próprio Finley:

“É o teste para ver se os livre-pensadores de todo o mundo podem se unir de fato e realmente fazerem doações quando precisamos.”

Prossegue ele:

“Durante toda a minha vida me foi dito que tentar unir ateus é como tentar segurar um monte de gatos.”

O valor arrecadado iria para vários projetos do Infidel Guy.

Resultado?

Chegaram perto. Conseguiram 800!

800 mil dolares? Não, foram 800 dolares mesmo 🙂

Os livre-do-pensar não se comovem nem com as necessidades dos próprios irmãos.

Mais detalhes neste vídeo.

Fica alguma dúvida sobre as diferenças entre seculares e religiosos nas inclinações para praticar a caridade mesmo quando os beneficiários são do grupo ideológico do próprio doador?

Anúncios

17 respostas em “Livres para Pensar ou Livres DO Pensar?

  1. Lol

    Nao sei quanto ao Bill Gates mas desde quando Warren Buffet é ateu?? Trabalho com bolsa e já li alguns livros sobre ele, inclusive estou lendo sua auto-biografia “A Bola de Neve”. Ele já se declarou como agnostico e presbiteriano, menos ateu.

    Nao sei de onde eles tiram essas ideias.

  2. @Jairoluix

    RELIGIOSO SÓ DOA POR MEDO DO INFERNO E NA ESPERANÇA DE COMPRAR UM LUGAR NO CÉU.

    Vc tem como provar isto ou é seu preconceito antireligioso que lhe fez declarar isto pela fé?
    Estranho q quando os fatos são mostrados sempre vem o choradeira e ataques de alguns ateus.

    ALÉM DE HIPÓCRITA FAZ DO PRÓPRIO DEUS UM MERCENÁRIO QUE SE VENDE POR DÍZIMO E CARIDADE.

    Não deixa de ser uma explicação interessante para o comportamento dos ateus, como eles vêem Deus como um mercenário que pede bom comportamento pela entrar no céu então eles se rebelam e além de não acreditar nEle também passam a fazer menos atos de caridade ao próximo.

    Gostei da tese é bem interessante, manda mais.

  3. Não sei até que o que esses homens chamam de “caridade” na verdade seja mesmo caridade. Se 'caridade' for o Bill Gates doar seu dinheiro para financiar vacinas depopulacionais como declarou em discurso (e fazendo doações à PPFA, um órgão de controle de natalidade chamado de planejamento familiar, ou seja, em larga escala isso é eugenia), ou doar dinheiro para o FDA.

    “Em 2006 Buffett assumiu o compromisso de doar 99% de sua riqueza à Fundação Bill & Melinda Gates e a entidades beneficentes que atuam com famílias. Bill e Melinda Gates já doaram US$ 28 bilhões de sua fortuna à sua fundação.”

    Ok, Bill Gates financia eugenia e Buffet financia a ong do Bill Gates. Bem, eu sou suspeito para falar sobre o assunto, porque acho que esses homens não são ateus, mas também não são cristãos, portanto defender que eles estão fazendo caridade é ser muito ingênuo.

  4. Qual era a finalidade do desafio de arrecadar um milhão de dólares? Ao que o texto exprime, parece-me que o objetivo era concentrar violentamente a renda de pessoas que se declarassem atéias para financiar uma estação de rádio.

    De qualquer maneira, acredito que os projetos do site mencionados deveriam ser altruístas e benéficos para algum grupo.

    Queria apenas incitar outra questão: é preciso doar? A meu ver a doação foi sempre a evidência patente de que o sistema capitalista junto ao Estado gera uma situação de precariedade generalizada em que se torna forçoso contribuir voluntariamente com ainda mais dinheiro para dirimir injustiças sociais.

    Sem querendo me algongar demais, digo apenas que lamento pelos bons cristãos que tem de aturar padres e bispos endinheirados desde que a religião tornou-se um ótimo empreendimento comercial.

  5. A campanha Inicial não afirmava que Bill gates e Warren Buffett eram ateus, só afirmava que eles não têm deus no coração, e isso é fato, afinal, são agnósticos. Houve um problema de interpretação aí hein? (:

  6. @ale

    A questão é que ambos foram utilizados PELO ATEISMO MILITANTE para dar suporte a causa deles. O problema está justamente aí! Eles NÂO são ateus e nem têm QUALQUER vínculo com o ateísmo militante!

    Você aceitaria se eu tentasse demonstrar que o cristianismo gera caridade nas pessoas se eu citasse como exemplo hinduistas?

    O pessoal por tras desta fraude fajuta adora Dawkins, o mesmo cara que diz que agnósticos são covardes 🙂

    Vá entender essa gente!

  7. Queria apenas incitar outra questão: é preciso doar? A meu ver a doação foi sempre a evidência patente de que o sistema capitalista junto ao Estado gera uma situação de precariedade generalizada em que se torna forçoso contribuir voluntariamente com ainda mais dinheiro para dirimir injustiças sociais. [2]

    O Fato de doar ou não não te faz uma pessoa melhor ou pior (ou faz?), só te faz estar inserido em um contexto político e social daquele ambiente.

    Para citar um exemplo, poderiam se criar uma outra campanha dizendo “Ateus dão mais vezes lugar à idosos em transporte público”, ta e dai, ceder o lugar faz as pessoas serem boas (ou más)? talvez em nossa realidade (Brazil), mas se fizeres isso no Japão será considerado ofensivo.

    Mas um blog típico de “cristão revoltado” pela nova onda do tal “neoateismo”, ah sim não estou te “julgando”, estou levando em consideração que logo que entrei na página uma das primeiras palavras na descrição é “combate”.

    Bem, viu pelo seu perfil que um dos seus filmes favoritos é Paixão de Cristo, eu também assisti este filme, sabe quantos ateus participaram da produção do filme de maneira direta ou indireta? eu também não sei quantos, mas, eles estavam lá, assim como os cristãos que produziram o computador que estou usando.

    Acho que “Combate” soa infantil e abobado para quem se diz tão sábio.Viva sua “fé”, simples, como diz no título (Cristianismo Puro e Simples)que seja, te preoculpa tanto assim os ateus?

  8. @Ezequiel

    Queria apenas incitar outra questão: é preciso doar?

    Não vou entrar nesta discussão. O questão do post é outra.

    O Fato de doar ou não não te faz uma pessoa melhor ou pior (ou faz?), só te faz estar inserido em um contexto político e social daquele ambiente.

    Foi apontando apenas o fato de teístas tradicionais doarem mais tempo e dinheiro do que ateus, mesmo quando a instituição não tem cunho religioso. A questão não é contar vantagem nem dizer que um é melhor do que o outro e sim corrigir mais uma propaganda mentirosa do ateísmo militante. Mentira é uma coisa feia. Se aprende isto quando criança.

    Mas um blog típico de “cristão revoltado” pela nova onda do tal “neoateismo”,

    Não há “revolta” no mesmo sentido de que esta patota neoatéia (quase toda de adolecentes mentais) são revoltados com a vida. Mas de fato a safadeza intelectual desse pessoal afronta as intuições morais de qualquer pessoa que o mínimo de senso moral.

    ah sim não estou te “julgando”, estou levando em consideração que logo que entrei na página uma das primeiras palavras na descrição é “combate”.

    Se combate doenças, se combate racismo, se combate a falta de cultura geral, por que não se deve combater o neoateísmo e outras subversões?

    sabe quantos ateus participaram da produção do filme de maneira direta ou indireta? eu também não sei quantos, mas, eles estavam lá, assim como os cristãos que produziram o computador que estou usando.

    Não sei se havia ateus militantes, mas muito provavelmente não. Mas como eu disse é irrelevante para assunto tratado no post.

    Acho que “Combate” soa infantil e abobado para quem se diz tão sábio.

    Suas qualificações eu dispenso pois não me fazem diferença. Além disto eu nunca auto-entitulei-me sábio. Não é preciso sapiência para desmascarar o neoateísmo. Um pouco de informação e senso crítico são suficientes.

    Viva sua “fé”, simples, como diz no título (Cristianismo Puro e Simples)que seja, te preoculpa tanto assim os ateus?

    É exatamente o que estou fazendo. Pode me dizer onde Cristo ensinou a ficar quieto com a picaretagem e a safadeza intelectual? Ao que me consta ele chamava hipócritas de hipócritas, expulsava no chicote mercadores safados e deixava sem palavras os que tentavam pegá-lo em contradição ou com doutrinas falsas. Minha fé é simples e certeira para desmacarar todas essas bobagens. Obrigado pela preocupação e pela visita. Fique na Paz.

  9. Seu blog ensina intolerância aos que pensam diferente e têm outras formas de ver o mundo. Sua opiniao não é baseada em ciência. Mas em pseudo ciência. Adolescentes não são revoltados com a vida, não são rebeltes. Simplismente questionam valores e hiprocrisias sociais pré estabelecidas. Aprendem a pensar por conta própria (vide livros de psicologia do adolescente, qualquer um). Dizer que ateus estão livres do pensar significa apenas que estão distantes do seu pensar e que não consegue entender seus pontos de vista por pré conceitos religiosos. Ridicularizar ateus por pensarem diferente de você é cometer o mesmo erro de que os acusa.

  10. @AbsintheSuper

    Seu blog ensina intolerância aos que pensam diferente e têm outras formas de ver o mundo.

    Não, meu bloq ensina, entre outras coisas, que não se deve ter respeito por NEOATEUS. Não tenho NADA contra ateus tradicionais ou quem simplesmente pensa diferente. Todos podem expor o que pensam de maneira adulta e racional. Mas não nos peça para respeitar quem não nos respeita. Aqui não rola.

    Sua opiniao não é baseada em ciência. Mas em pseudo ciência. Adolescentes não são revoltados com a vida, não são rebeltes.

    Onde eu disse isto? Eu disse que NEOATEUS são revoltados e que são adolescentes MENTAIS, ou seja não possuem a maturidade suficiênte para um embate adulto. Aprenda a ler antes de fazer críticas

    Simplismente questionam valores e hiprocrisias sociais pré estabelecidas.

    Então comece por dizer isto aos livre-do-pensar. Foram eles que iniciaram a campanha difamatória refutada neste post.

    Aprendem a pensar por conta própria (vide livros de psicologia do adolescente, qualquer um).

    Aqui você se contradiz NA MESMA FRASE. Diz para eu aprender a pensar “por mim mesmo” e em seguida indica livros DE OUTRAS PESSOAS!

    Dizer que ateus estão livres do pensar significa apenas que estão distantes do seu pensar e que não consegue entender seus pontos de vista por pré conceitos religiosos.

    Errou. Leia novamente. Eu me referi ao “pessoal do ateísmo militante” e ainda qualifiquei informando que “frequentemente praticam” isto. Ou seja NÂO me referi a ateus de maneira genérica nem atribui a falta de raciocínio a todo ateu militante e sim a uma PRATICA FREQUENTE. Mas num ponto você tem razão: eles estão bem distântes do “meu” modo de pensar devido aos preconceitos religiosos que eles têm.

    Ridicularizar ateus por pensarem diferente de você é cometer o mesmo erro de que os acusa.

    Como não foi isto que eu fiz sua acusação não procede.

  11. Antes de sermos religiosos ou ateus há ideologias que devem se mesclar na sociedade moderna e “civilizada” que é respeito de crenças. Atualmente se tentar impor ideologias não somente seguindo conceitos próprios mas menosprezando conceitos diferentes aos seus. Esse blog começa com criticas e menosprezo. As pessoas desconhecem a importância de civilismo acima de tudo é o que impede esse mundo de se tornar mais justo. Não sou ateu por que nunca procurei Deus mas sim por que quando procurei ele nunca estava la. A religião tem propagandas por todo lugar e quando os Ateístas também reivindicam o mesmo direito são criticados. È por essas e outras que sou cada vez mais convicto em ser Ateu.

  12. Caro Pirilampo, eu respeito quem me respeita.

    Ninguém tem qualquer passe livre para ficar imune a críticas. Vc acabou de criticar o blog.

    Quanto a menosprezo vc também preza o que acha que deve ser prezado e menospreza o q não acha. Vc acabou de menosprezar o blog.

    Civilismo é um doutrina política que prega o governo por civis. O que isto tem a ver com a linha editorial e argumentativa do blog não faço a mínima idéia.

    Os motivos para seu ateísmo não vem ao caso, pois neste post a questão é apenas desmascarar mais uma propaganda difamatória e mentirosa de um grupo de ateus militantes.

    Você errou o alvo de suas críticas, seja honesto é vá reclamar os propagandistas do ateímo militante.

  13. gostaria de pedir ao autor do site que evite usar generalizações para Ateus, quando se refere principalmente á campanha de publicidade, e lembrar que “Ateista” significa: A = prefixo de negação – Teista = Tem religião. Significando: Não/sem religião. Nenhuma doutrina ou ideologia acompanha o ateismo, logo, não há situação onde é possivel( a não ser na afirmação “Deus não existe” ou variantes) atribuir a um “grupo Ateu”. É o mesmo que dizer: O filosofo matou um homem; Logo, os filosofos são asassinos.

  14. Não houve generalização. Apenas o desmascaramento de mais uma propaganda enganosa de um grupo de ateus militantes.
    Em momento nenhum se atribui estes truques rasteiros a todos os ateus, nem mesmo a todos os ateus militantes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s